02/02/2021

Jornal Valor Econômico - Reciclagem de plástico pós-consumo no Brasil bate recorde com índice de 24%

A reciclagem mecânica de plásticos continua avançando no Brasil e chegou a 24% do volume gerado de resíduo pós-consumo, o maior índice já registrado, conforme o mais recente estudo da consultoria MaxiQuim e do Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico (PICPlast), uma parceria entre Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) e Braskem.

"A indústria de reciclagem subiu a um novo patamar. A maior demanda por conteúdo mais sustentável, sobretudo das grandes empresas, puxa esse crescimento", diz Solange Stumpf, sócia da MaxiQuim.

Errata: A reportagem cita o faturamento da indústria da reciclagem como R$ 2,5 milhões, o correto é R$ 2,5 bilhões. 

Para ler a matéria completa acesse: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2021/01/30/reciclagem-de-plastico-pos-consumo-no-brasil-bate-recorde-com-indice-de-24percent.ghtml