14/11/2017

Histórias Transformadoras - Empreendedorismo na veia

Inquieto! É assim que o empresário de 34 anos Hugo Dias se define. À frente da Natuplast, empresa plástica de sopro e injeção localizada em Aparecida de Goiânia, o engenheiro deixou a carreira de sucesso em multinacionais para descobrir na indústria da transformação do plástico a sua verdadeira vocação. "O plástico transformou a minha vida e a dos meus familiares, além de permitir que eu possa dar oportunidade a várias outras pessoas", afirma Dias.

Hugo foi o primeiro da humilde família a conquistar diploma universitário. O gosto pelo estudo fez o filho de Geraldo, caminhoneiro, e de Khatia, professora, escolher a engenharia como profissão. Ainda estudante, o empresário ingressou em grandes companhias dos mais diferentes setores. Mas nem mesmo os bons salários e os cargos conquistados foram capazes de acomodá-lo, ele queria mesmo era empreender.

"Em 2009, eu estava contratado como gerente de uma indústria quando me interessei pelo setor de garrafas de plástico. Então, procurei o SEBRAE de Goiânia, que me auxiliou na elaboração de um plano de negócios. Foram mais de 18 meses de muita preparação, conhecendo desde o mercado até o público-alvo e os concorrentes. Com o plano de baixo do braço, fui atrás de financiamento para as máquinas e matéria-prima. Todo este período de planejamento foi essencial para que a Natuplast surgisse de forma madura e conquistasse a posição que tem hoje", conta Hugo. A partir de 2010, o empreendedor passou a se dedicar integralmente à empresa, com o apoio da esposa Andrea, do pai Geraldo e de mais 28 colaboradores distribuídos entre matriz e duas filiais, localizadas em Campinas (SP) e São João das Bicas (MG).

Neste ano, Hugo foi um dos nove empresários a participar do programa de capacitação promovido pelo Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico (PICPlast) em parceria com o SEBRAE de Goiás.  A partir de um diagnóstico individual, todas passaram por uma dinâmica para desenvolver um plano de trabalho baseado em quatro pilares: estratégias empresariais, gestão financeira, gestão comercial e gestão de qualidade. O programa de capacitação PICPlast e SEBRAE Goiás vai até dezembro. Parceria semelhante acontece também nos estados de Pernambuco, Alagoas e Bahia, além dos programas já concluídos em Santa Catarina, Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro.

O empresário comemora os ótimos resultados obtidos após a participação do programa. "Em um ano, nosso principal produto, o garrafão de água de 20 litros, teve um incremento de vendas de 17%. Além disso, ampliamos nosso portfólio, com outros tipos e tamanhos de embalagens, além de copos e canecas de plástico. São mais de 300 clientes atendidos no ano e um aumento de 60% no faturamento".

E os planos de Hugo não param por aí. Para 2018, já está programado abrir duas filiais no Norte e no Nordeste. "O plano é ter uma Natuplast em cada região do País", garante o engenheiro, um inquieto que encontrou na indústria da transformação um campo fértil para seu sucesso profissional. 

Quer ver a sua história transformadora contada por aqui? Fale com a gente: picplast@picplast.com.br

Participe!

Voltar